Jovens acusam segurança de casa noturna de atacar morador de rua

  • Por Jovem Pan
  • 16/02/2014 09h31

Na madrugada deste sábado (15), um grupo de jovens acusou um segurança de uma casa noturna de São Paulo de ter atacado um morador de rua. Eles fizeram uma série de relatos nas redes sociais em que narraram todos os passos da suposta agressão. De acordo com eles, o rapaz estava perto da fila de entrada da Trackers, no Centro da cidade, quando o homem o atingiu repentinamente com uma arma de choque. 

Bruna Caricati, uma das garotas que presenciou a cena, compartilhou seu depoimento em sua página do Facebook. “O segurança queria de qualquer modo expulsá-lo da frente do local (ele não estava fazendo nada de ameaçador) e, como recurso, utilizou uma arma de choque. A corrente elétrica deixou o rapaz imóvel e depois ele reclamou de dores no braço. Todo mundo da fila ficou indignado”, escreveu. 

Em seguida, ainda de acordo com o texto, ela e outros jovens foram questionar o caso a outro segurança do espaço, que afirmou que demitiria o companheiro. Ele, porém, continuou por lá. 

Questionado mais uma vez, o segurança teria respondido à garota: “Você quer entrar na ‘balada’? Então não ‘causa’”. 

Também por meio da rede social, os jovens exigiram uma resposta da casa noturna, que ainda não se manifestou.