Justiça decide pela internação de 28 adolescentes envolvidos em arrastões no Rio

  • Por Agência Brasil
  • 23/09/2015 21h52
RIO DE JANEIRO,RJ,20.09.2015:MOVIMENTAÇÃO-PRAIAS - Polícia Militar realiza prisão de homem que participava de arrastão na Praia de Ipanema no Rio de Janeiro, RJ, neste domingo (20). . (Foto: Alessandro Buzas/Futura Press/Folhapress) Alessandro Buzas/Futura Press/Folhapress Rio de Janeiro - Arrastão

A Justiça determinou a internação provisória de 28 adolescentes envolvidos em arrastões nas praias da zona sul do Rio. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (23), contra os 16 adolescentes acusados de envolvimento nos arrastões do último fim de semana, ouvidos em audiência de apresentação no Fórum Regional da Leopoldina. 

Na terça-feira (22), outros 13 adolescentes, também com envolvimento nos episódios, passaram por audiências de apresentação, sendo que 12 foram internados provisoriamente em unidades do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) e um recebeu remissão com advertência, porque o Ministério Público não representou contra ele. 

As informações foram divulgadas pela assessoria do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ). Segundo o TJRJ, 29 foram apreendidos por causa dos arrastões nas praias da zona sul.

Segundo nota do tribunal, os adolescentes foram internados provisoriamente em unidades do Degase. A Justiça decidiu pela internação provisória dos adolescentes ao identificar indícios de autoria e considerando a gravidade do fato, com fundamento no paragrafo único do Artigo 108 do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), que prevê internação de até 45 dias, antes da sentença.