Justiça suspende investigação contra Sarkozy por corrupção

  • Por Agencia EFE
  • 24/09/2014 08h24

Paris, 24 set (EFE).- O Tribunal de Apelação de Paris decidiu suspender a investigação de um caso de corrupção ativa e tráfico de influência contra o ex-presidente francês Nicolas Sarkozy, que anunciou recentemente que voltará à política.

Os recursos de anulação foram apresentados por Sarkozy e seu advogado, Thierry Herzog, que também é acusado. A suspensão pode demorar meses.

O caso se refere a uma suposta tentativa de Sarkozy de obter de um alto magistrado informações sobre outra investigação judicial na qual Sarkozy estava envolvido.

Em troca destas informações, Sarkozy teria prometido a Azibert um posto de prestígio no Principado de Mônaco. Ao final, o ex-presidente não conseguiu as informações que desejava e nem Azibert o cargo.

Sarkozy é candidato à presidência de seu partido, votação que está prevista para 27 de novembro.

O Tribunal de Apelação examinará agora os recursos de Sarkozy e Herzog para anular as acusações que pesam sobre eles por corrupção ativa, tráfico de influência e encobrimento da violação do segredo secreto profissional.

A investigação contra os dois se sustenta principalmente em interceptações de conversas telefônicaws, nas quais o ex-presidente e o advogado mencionavam Azibert. EFE