Kassab critica falta de lei rigorosa para coibir avanço de Black Blocs

  • Por Jovem Pan
  • 20/06/2014 12h37
Gilberto Kassab no estúdio da JOVEM PAN ao lado de Joseval Peixoto

O ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab participou nesta sexta-feira (20) do Jornal da Manhã ao comentar os fatos do dia a dia que impactam na vida dos brasileiros. De primeira, Kassab lamentou a violência provocada pelos Black Blocs em São Paulo e criticou a ausência de uma lei mais severa para punir os responsáveis.

“Demorou um pouco para a opinião pública brasileira compreender que hoje existe um clima a favor da mudança na lei e a opinião pública está consciente de que essa lei precisa vir para permitir as manifestações. Porque, daqui a pouco, as manifestações vão ter de parte de todos nós, sociedade brasileira, uma posição muito crítica”, afirmou.

O antigo prefeito paulistano avaliou a discordância entre a Câmara Municipal e o prefeito da capital, Fernando Haddad, sobre decretar feriado na próxima segunda-feira (23), quando há jogo da Copa do Mundo na Arena Corinthians e partida da Seleção Brasileira.

Para Kassab, a cidade é quem vai pagar o pato. “O correto é que já alguns meses atrás já tivesse sido aprovado um projeto de lei de comum acordo entre poder executivo, prefeito, poder legislativo, vereadores. E essa lei aprovada permitisse ao prefeito mediante decreto fazer o feriado. Está claro que o feriado é necessário”, avaliou.

O ex-mandatário seguiu a opinião de especialistas sobre o pacote de incentivo do governo à indústria brasileira. Para eles, a injeção de ânimo no setor tem caráter eleitoreiro e não resolve o problema. “O que funciona é confiança, enquanto não for restabelecida a confiança no capital, seja ele brasileiro ou internacional, com regras mais estáveis, nós não vamos ter investimento”, afirmou.

Kassab explicou à JOVEM PAN que o PSD já sabe quando vai definir sua posição nas eleições em São Paulo, será na próxima quinta-feira (26). O partido está avaliando três alternativas: candidatura própria, uma aliança com o PSDB e uma candidatura ao lado do PDMB. O ex-prefeito, contudo, já defende um voo solo do PSD.

Ouça a participação completa de Gilberto Kassab, inclusive falando de outros assuntos, no áudio.