Kim Jong-un presta homenagem pelo 21º aniversário de morte de seu avô

  • Por Agencia EFE
  • 08/07/2015 05h47

Seul, 8 jul (EFE).- O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, prestou nesta quarta-feira uma homenagem a Kim Il-sung, seu avô e fundador do país, por causa do 21º aniversário de sua morte.

O jovem líder compareceu à meia-noite no Palácio do Sol de Kumsusan, em Pyongyang, para reverenciar o corpo embalsamado do “presidente eterno”, como Kim Il-sung é conhecido no país, informou hoje a agência estatal “KCNA”.

Kim Jong-un, acompanhado dos mais altos oficiais do Partido dos Trabalhadores e o Exército – braços político e militar do regime -, também depositou coroas de flores para seu falecido avô.

O terceiro dos ditadores da dinastia Kim prestou a homenagem da mesma forma em que fez a cada dia 8 de julho desde que, em 2011, assumiu o poder após a morte de seu pai, Kim Jong-il.

Por enquanto, não há informações sobre novos atos para comemorar a data na Coreia do Norte, um país caracterizado pelo extremo culto à personalidade de seus líderes.

No ano passado, uma intensa campanha de propaganda midiática foi realizada para exaltar o ex-ditador por causa do 20º aniversário de sua morte.

Por isso, espera-se que a emissora e outros veículos estatais dediquem generosos espaços a figura de Kim Il-Sung, que fundou a Coreia do Norte em 1948 e a comandou com mão de ferro sob uma doutrina stalinista até 1994, ano em que morreu.

São mais de 34 mil estátuas do “grande líder” em todo país. Assim como Kim Jong-un, os cidadãos depositam flores nos monumentos para homenagear o ex-ditador. EFE