Legislativo chinês ratifica acordo para criação do banco dos Brics

  • Por Agencia EFE
  • 01/07/2015 03h44

Pequim, 1 jul (EFE).- A Assembleia Nacional Popular da China (ANP) aprovou nesta quarta-feira a ratificação do acordo para a criação do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), conhecido como o banco dos Brics, o grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Com a ratificação chinesa, aprovada pelo Comitê Permanente da ANP, só falta a da África do Sul, e ambas serão apresentadas na cúpula de líderes do fórum dos Brics que será realizada nos dias 8 e 9 de julho na cidade russa de Ufa.

Assim, o banco, que terá sua sede em Xangai, a capital financeira da China, poderá começar a operar formalmente após a cúpula de Ufa, mas a entidade não deverá aprovar suas primeiras operações até o início de 2016.

O NBD terá um capital inicial de US$ 50 bilhões, além de um fundo de contingência de US$ 100 bilhões que poderá ser utilizado pelos membros em caso de turbulências financeiras.

A criação da nova entidade foi estipulada pela cúpula de líderes dos cinco países do fórum realizada no dia 15 de julho do ano passado em Fortaleza. EFE