Levy fala em possibilidade de “imposto de travessia” para conter crise econômica

  • Por Jovem Pan
  • 05/09/2015 18h31
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, participou de reunião no Palácio do Planalto, com os governadores do DF, Rodrigo Rollemberg, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckimim (Wilson Dias/Agência Brasil)Ministro da Fazenda Joaquim Levy

Joaquim Levy reforçou, neste sábado (6), que o Governo estuda implementar um imposto temporário a fim de balancear suas contas e reestabelecer uma calmaria econômica.

“Pode ser que seja um imposto de travessia”, afirmou o ministro da Fazenda de acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo. Vale lembrar que no fim de agosto, Dilma reuniu-se com ministros e decidiu por desistir de voltar com a CPMF.

Levy sugeriu que o assunto está em pauta, embora não tenha dado qualquer tipo de prazo. “Estamos no meio de uma discussão, numa hora de ouvir”, completou.

Rebaixamento do Brasil

Durante o encontro do G20, o ministro expressou preocupação com a possibilidade de rebaixamento do Brasil no grau de investimento proposto pelas agências internacionais de classificação de risco.

“Se você não tiver isso [equilíbrio de contas], aumenta muito o risco do rebaixamento, que vai destruir o emprego (…). A gente não pode ter o downgrade”, disse.

A perda da classificação acarretaria em um aumento da desconfiança dos investidores, o que implicaria uma maior turbulência econômica.