Liberação de R$ 10 bi ao caixa do BNDES vai privilegiar obras de infraestrutura no país

  • Por Jovem Pan
  • 25/05/2015 15h08
Dinheiro e finanças

O Conselho Curador do FGTS deve aprovar a liberação de R$ 10 bilhões para reforçar o caixa do BNDES. O aporte vai privilegiar obras de infraestrutura em andamento ou a serem realizadas no Brasil.

As mudanças vão permitir que os trabalhadores apliquem até 30 por saldo em um fundo de investimento. A modalidade terá um rendimento superior aos 3% mais Taxa Referencial repassados pelo FGTS atualmente.

A estimativa é a de que o novo fundo proporcione dividendos em torno de 7% além da Taxa Referencial. Para isso, será preciso que o Conselho do FGTS passe a comprar títulos da dívida do BNDES dos últimos sete anos.