Líder da Al Qaeda morre em suposto bombardeio americano no Iêmen

  • Por Agencia EFE
  • 05/03/2014 10h43

Sana, 5 mar (EFE).- Um suposto líder e um integrante da rede terrorista Al Qaeda morreram nesta quarta-feira em um bombardeio aéreo na província de Al Youf, situada na fronteira do Iêmen com a Arábia Saudita.

A agência oficial de notícias iemenita “Saba” informou que ataque foi lançado contra o veículo em que os extremistas viajavam, mas não apresentou mais detalhes e nem confirmou a identidade das vítimas.

No entanto, a imprensa local menciona que o líder morto seria Ali Saleh Yerim, enquanto o ataque teria sido perpetrado por um avião não tripulado (drone) americano.

No último dia 14 de janeiro, um combatente da Al Qaeda morreu e dois ficaram feridos após um ataque de um avião não tripulado americano na província de Hadramut, no sudeste do Iêmen.

Os EUA consideram o Iêmen uma frente avançada em sua luta contra Al Qaeda, e classifica a organização da Al Qaeda na Península Arábica, com base no Iêmen, como um dos braços mais perigosos e ativos desta rede terrorista. EFE