Líder da Al Qaeda no Iêmen é morto e chefe militar é nomeado como substituto

  • Por Agencia EFE
  • 16/06/2015 04h27

Sana, 16 jun (EFE).- A Al Qaeda na Península Arábica (AQPA) anunciou nesta terça-feira a morte de seu líder Nasser al Wahishi em um bombardeio de um avião não tripulado americano no leste do Iêmen, e a nomeação como substituto do até agora dirigente militar Qasem al Rimi.

Em um vídeo divulgado em páginas web jihadistas, a AQPA explicou que Wahishi, que foi secretário de Osama bin Laden no Afeganistão, foi morto com outros dois companheiros em Al Mukala, capital da província de Hadramut. EFE