Líderes de Japão e C.do Sul apostam em cúpula trilateral com China

  • Por Agencia EFE
  • 28/09/2015 09h00

Tóquio, 28 set (EFE).- O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, e a presidente sul-coreana, Park Geun-hye, manifestaram seu desejo de realizar uma cúpula trilateral com o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, durante um encontro informal em Nova York, confirmaram nesta segunda-feira (data local) fontes do governo japonês.

Segundo disseram representantes do Escritório do Gabinete japonês à agência de notícias “Kyodo”, Abe e Park tiveram uma breve conversa informal durante um almoço convocado dentro da Assembleia Geral das Nações Unidas.

Os dois expressaram seu desejo de reviver em outubro ou novembro as cúpulas de líderes trilaterais que foram realizadas todo ano entre 2008 e 2012 e que estão em suspenso devido à piora dos laços diplomáticos na região a partir da chegada de ambos ao poder.

De fato, desde que Abe e Park assumiram seus cargos há quase três anos não aconteceu entre ambos um só encontro oficial.

No entanto, em março passado os chanceleres de Japão, Coreia do Sul e China realizaram um encontro trilateral pela primeira vez desde abril de 2012 e se comprometeram a trabalhar para retomar as cúpulas de chefes de governo o mais rápido possível, apesar de Pequim se mostrar reticente.

No entanto, no começo de setembro Park Geun-hye visitou a China e acertou com seu colega, Xi Jinping, a realização do ansiado encontro de três lados em Seul entre final de outubro e começo de novembro.

Os três países são grandes parceiros comerciais – negociam atualmente um tratado de livre-comércio – mas mantêm diferenças por disputas territoriais ou a percepção de fatos históricos relacionados com o passado militarista do Japão, que colonizou a península coreana e uma parte da China no começo do século XX. EFE