Lima acordo climático de 2015, mas deixa muitas frentes em aberto

  • Por Agencia EFE
  • 14/12/2014 05h50

Lima, 14 dez (EFE).- A Cúpula Climática de Lima decidiu que, pela primeira vez, todos os países terão que aprovar ações para combater o aquecimento, o que encerra o acordo de Paris 2015, embora com muitas frentes abertas.

Segundo o documento aprovado hoje, “A chamada à Ação de Lima”, todos os países terão que apresentar à ONU, antes do dia 1 de outubro de 2015, compromissos “quantificáveis”, “ambiciosos” e “justos” de redução de gases do efeito estufa e informação detalhada das ações para conseguir que essa diminuição se cumpra.

O outro grande avanço do acordo de Lima é que, após a apresentação desses compromissos, a secretaria da Convenção de Mudança Climática analisará o impacto dessas contribuições nacionais para estimar se são suficientes para que a temperatura do planeta não supere mais de dois graus no final de século. EFE