Linha 7-Rubi dos trens da CPTM é interditada por falha elétrica

  • Por Agência Estado
  • 06/01/2016 10h03

Usuários da Linha 7-Rubi da CPTM depredam a estação Pirituba de tremUsuários da Linha 7-Rubi da CPTM depredam a estação Pirituba de trem em São Paulo - AE

A Linha 7-Rubi da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM)ficou paralisada por cerca de duas horas entre as estações Pirituba e Francisco Morato no início da manhã desta quarta-feira, 6, por causa de serviços de manutenção na rede aérea que fornece energia elétrica aos trens. Na terça-feira, 5, uma falha em equipamento da mesma linha interrompeu a circulação de trens por mais de duas horas e causou tumulto. A Polícia Militar usou bombas de gás para dispersar a multidão.

Por volta das 6h30 desta quarta, segundo a CPTM, a circulação de trens começou a ser normalizada mas com intervalos maiores e irregulares e o sistema Paese foi acionado. As plataformas da estações ficaram lotadas.

Os trens circulavam por via única entre as estações Vila Clarice e Perus, e com velocidade reduzida e intervalos irregulares entre Francisco Morato e Pirituba. A EMTU forneceu 57 ônibus para a operação de emergência, segundo a companhia de trens. Passageiros relataram que os ônibus não faziam viagem em direção a Francisco Morato.

Pouco antes das 8h da manhã, equipes de manutenção trabalhavam na via para resolver a falha.