Mais de 1,4 mil imigrantes chegaram ao litoral italiano nas últimas 24 horas

  • Por Agencia EFE
  • 29/07/2015 07h58

Roma, 29 jul (EFE).- Mais de 1,4 mil imigrantes e os corpos de 14 mortos foram desembarcados em diferentes portos do litoral italiano nas últimas 24 horas após terem sido resgatados em águas do Mediterrâneo, confirmou à Agência Efe a Guarda Costeira.

Ao porto de Reggio Calabria, no sul do país, chegou nesta quarta-feira uma embarcação com 692 imigrantes procedentes da Eritreia, entre eles 59 menores e 12 mulheres grávidas.

Por outro lado, ao porto de Messina, na ilha da Sicília (sul), chegaram 453 imigrantes e os corpos dos 14 mortos que foram recuperados na segunda-feira perto da Líbia por uma embarcação militar irlandesa que faz parte do dispositivo comunitário Triton, e uma dos Médicos Sem Fronteiras (MSF).

O terceiro desembarque foi na ilha de Lampedusa, que recebeu 279 imigrantes socorridos por duas embarcações da Guarda Costeira italiana em águas próximas à Líbia.

Os imigrantes resgatados somam 1.424 pessoas, mais os corpos dos 14 mortos, que compartilhavam espaço com o resto de imigrantes, amontoados na embarcação socorrida, enquanto a causa da morte, por enquanto, é desconhecida.

As boas condições meteorológicas favorecem o fluxo de imigração procedente do litoral norte-africanas para a Itália, ponte natural com o continente europeu. EFE