Mais de 185 mil refugiados chegaram a ilha de Lesbos este ano

  • Por Agencia EFE
  • 29/09/2015 20h41

Atenas, 29 set (EFE).- Desde o início do ano, 186.700 refugiados e imigrantes desembarcaram na ilha grega de Lesbos, no mar Egeu, segundo números anunciados nesta terça-feira pelas autoridades locais.

O ministro de Migração, Yiannis Mouzalas, e o prefeito de Atenas, Giorgos Kaminis, decidiram hoje criar um segundo centro de amparo na cidade, para alojar os refugiados e imigrantes, a maioria de origem afegã, que aguardam acampados na Praça de Victoria, no centro da capital.

Kaminis pediu que assim que o centro estiver pronto, “os imigrantes sejam transferidos de ônibus diretamente desde o porto de Pireo”, na capital grega.

Desde que começou o verão, os imigrantes e refugiados que passam pela cidade se veem obrigados a acampar precariamente em lugares públicos.

O único ponto de amparo disponibilizado até agora pelas autoridades gregas encheu assim que foi inaugurado, em agosto.

Kaminis criticou a falta de disposição de vários prefeitos da região de Ática, que não contribuem para a criação de outros centros de apoio aos refugiados, mesmo havendo vários quartéis do exército abandonados na região metropolitana da capital.

Só esta semana, mais de seis mil imigrantes e refugiados chegaram ao porto de Atenas, vindos das ilhas do mar Egeu, as mais afetadas pela onda migratória, devido à proximidade com a costa da Turquia. EFE