Manifestantes tailandeses se mobilizam para bloquear Bangcoc

  • Por Agencia EFE
  • 13/01/2014 00h45

Bangcoc, 13 jan (EFE).- Milhares de seguidores do movimento antigovernamental tailandês se mobilizam nesta segunda-feira para bloquear Bangcoc, em uma nova onda de protestos que persegue forçar a renúncia do Governo interino e a suspensão das eleições do 2 de fevereiro.

Centenas de manifestantes começaram a se concentrar em sete intersecções onde no domingo pela tarde levantaram barricadas com sacos de areia, cercas e blocos de cimento para colapsar todo o tráfico da cidade de cerca de 10 milhões de habitantes.

O movimento, cujos protestos começaram há mais de dois meses, planeja acampar indefinidamente nestes pontos e realizar várias manifestações rumo a sedes oficiais para paralisar o Governo até conseguir sua renúncia.

Cerca de 18 mil policiais e militares serão posicionados para prevenir incidentes em pontos que incluem a Casa do Governo, o aeroporto de Suvarnabhumi e as sedes de seis canais de televisão e das agências metropolitanas de provisão de água e eletricidade.

O líder dos protestos, Suthep Taughsuban, descartou no domingo à noite qualquer negociação com o Governo e expressou sua confiança na vitória do que chama “revolução popular”. EFE

jcp/ma