Más condições das estradas custam R$ 4 bilhões a agricultores

  • Por Jovem Pan
  • 26/05/2015 11h20
Safra de Milho no RS

A má qualidade das rodovias brasileiras causa prejuízo de quase R$ 4 bilhões no escoamento da soja e do milho. Dados da Confederação Nacional do Transporte apontam que os problemas nas condições das estradas aumentam em 30% o custo do produto.

Mesmo com tantas dificuldades, 65% de toda a produção da soja brasileira são levadas pelo modal rodoviário por falta de opções. Falando ao repórter Jovem Pan Victor La Regina, o diretor-executivo da CNT, Bruno Batista, defende que o governo priorize a construção de ferrovias. “Priorizar, definir alguns projetor e fazer os investimentos. A segunda saída é atrair os investidores privados. Aonde é que o Brasil perde muito? É ao fazer a utilização da modalidade que não é a mais indicada”, afirma.

Segundo a Confederação Nacional do Transporte, 85% dos embarcadores consideram a má qualidade das estradas um problema grave. Outra questão levantada é o alto frete para transporte, uma vez que os valores cobrados pelo Brasil estão entre os mais caros do mundo.