Mau tempo paralisa de novo trabalhos de resgate de navio sul-coreano

  • Por Agencia EFE
  • 11/05/2014 00h33

Seul, 11 mai (EFE).- Os trabalhos de resgate das vítimas do navio sul-coreano que afundou no dia 16 de abril continuam hoje suspensas devido ao mau tempo, enquanto 29 pessoas continuam desaparecidas.

Os fortes ventos e ondas fizeram com que os serviços de resgate decidissem não retomar as operações dentro do navio depois que ontem foram suspensas pela mesma razão.

Quando se completam 25 dias do naufrágio do Sewol, no qual viajava cerca de 476 passageiros, ainda restam resgatar os corpos de 29 pessoas, enquanto o número de mortos chega a 275, a maioria deles estudantes de um instituto.

Os responsáveis pelas operações, realizada por mergulhadores da Marinha, da Guarda Costeira da Coreia do Sul e mergulhadores civis, decidiram suspender sua atividade por questões de segurança.

Por outro lado, os grupos parlamentares da Coreia do Sul acertaram realizar uma sessão extraordinária na semana que vem para debater e fazer um acompanhamento da investigação do naufrágio que com mais de 300 mortos e desaparecidos comoveu profundamente o país. EFE

aaf-raa/ma