Meirelles: IPCA sinaliza que a economia brasileira está voltando à normalidade

  • Por Estadão Conteúdo
  • 07/10/2016 15h51
BRA01. BRASILIA (BRASIL), 24/05/2014.- El ministro de Hacienda de Brasil, Henrique Meirelles, participa de una rueda de prensa en el Palacio de Planalto en Brasilia (Brasil) hoy, martes 24 de mayo de 2016, para anunciar las medidas que el Gobierno brasileño enviará al Congreso con la intención de limitar el crecimiento del gasto público, entre otras medidas para recuperar la economía del país, que enfrenta una grave recesión. EFE/FERNANDO BIZERRA JRHenrique Meirelles - EFE

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, avalia que a desaceleração da inflação em setembro, mostrada nesta sexta-feira (7), pelo IPCA, sinaliza que a economia brasileira está voltando à normalidade, disse, em conversa com jornalistas.

“A recessão ainda está em andamento, a capacidade ociosa das empresas é elevada, o desemprego é elevado e ainda crescente. É normal que a inflação caia e as expectativas de inflação também”, disse o ministro. O que estava fora do normal era ver inflação alta em um cenário recessivo e com desemprego em alta, ressaltou ele. 

O ministro afirmou que precisa ser avaliado com cuidado se a desaceleração do IPCA em setembro é um fenômeno isolado ou se sinaliza uma tendência, assim como disse mais cedo o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn. Meirelles mencionou ainda que a autoridade monetária tem autonomia de decisão e análise e vai olhar o comportamento da inflação com cuidado. 

“Vemos diversos sinais de que, aos poucos, a economia começa dar mostras de normalização em várias áreas, como a produção de bens, e a confiança que está se recuperando”, afirmou. “O país aos poucos vai encontrando seu ritmo, na medida em que políticas adequadas vão sendo anunciadas, seja na área fiscal ou de governança nas empresas estatais”.