Menos de 10% dos estacionamentos da Avenida Paulista abrem vagas apropriadas a bicicletas

  • Por Jovem Pan
  • 28/06/2015 09h43
Obra na ciclovia da Avenida Paulista Zanone Fraissat/Folhapress Veja imagens de ciclovias pela cidade de São Paulo

Está sendo inaugurada oficialmente na manhã deste domingo (28) a ciclovia na Avenida Paulista, em São Paulo. Se hoje toda a via será fechada para os carros das 10h a 17h e o público deve ser majoritariamente de pessoas a passeio, a partir de segunda um uso mais prático deve começar a se estabelecer. Funcionários, executivos e comerciantes de uma das ruas empresariais mais importantes da cidade poderão chegar à Paulista de bicicleta.

Mas será que este usuário terá onde deixar sua “magrela” estacionada com segurança durante as horas de serviço? É o que a reportagem Jovem Pan foi descobrir, percorrendo 95 estacionamentos da Avenida Paulista e região para descobrir a oferta de bicicletários (veja no mapa ao final do texto).

E o resultado foi impressionante: apenas nove abrem espaço para as bicicletas, 9,5% do total. Outros sete locais também possuem vagas adequadas, mas só permitem que ciclistas que trabalhem no próprio prédio estacionem ali.

Seis outro estacionamentos permitiram que a reportagem estacionasse as bikes na base da “camaradagem”, mesmo sem ter a infraestrutura apropriada. Eram comuns frases como: “deixa sua bike aí, não tem problema não” ou “depois paga um cafezinho pra gente”.

Alguns estabelecimentos sem bicicletário permitem o estacionamento das “magrelas”, com direito a seguro, mas sob um preço de R$ 170,00 mensais (o mesmo valor que o adotado para motocicletas).

A ciclovia

A via exclusiva para a circulação das bicicletas ocupa o espaço onde ficava o canteiro central da avenida. O canteiro foi alargado em cerca de 25 centímetros de cada lado para facilitar a passagem das bikes em ambos os sentidos. As oito faixas de rolamento da via foram mantidas, porém tiveram redução de 20 centímetros cada.

A ciclovia é elevada em relação às faixas de rolamento. Trechos próximos aos semáforos ganharam grades para a proteção dos ciclistas. Os canteiros de flores e plantas foram retirados, bem como os relógios de rua, que serão distribuídos ao longo da Avenida.

Confira abaixo o mapa dos estacionamentos de bicicletas na região da Paulista:

Levantamento exclusivo da Jovem Pan realizado por João Guimarães e Marina Ogawa