Merkel alerta que incertezas sobre Brexit não devem se arrastar

  • Por Estadão Conteúdo
  • 27/06/2016 11h40
BRU02. BRUSELAS (BÉLGICA), 19/02/2016.- La canciller alemana Angela Merkel ofrece una rueda de prensa al final del segundo día de una cumbre de la Unión Europea hoy, viernes 19 de febrero de 2016, en la sede del Consejo Europeo en Bruselas (Bélgica). Los líderes de la UE están tratando de discutir a un acuerdo con Gran Bretaña sobre las reformas, en medio de esperanzas de que puedan sellar un acuerdo que convencer al país a permanecer en su bloque. EFE/OLIVIER HOSLETAngela Merkel

O Reino Unido precisa de tempo para reagir ao resultado do plebiscito da semana passada, que foi favorável ao chamado “Brexit”, mas não pode deixar a Europa no limbo por muito tempo, alertou, esta segunda-feira (27), a chanceler da Alemanha, Angela Merkel.

“Não devemos permitir um período permanente de procrastinação porque acho que isso não seria bom” para o Reino Unido e também aos demais 27 integrantes do bloco”, perspectivou Merkel.

O comentário da estadista germânica veio antes de uma reunião, também nesta segunda, com o presidente francês, François Hollande, o primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, e o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, em Berlim. O encontro vai preceder a reunião de cúpula da União Europeia, marcada para apróxima terça e quarta-feira (28 e 29).