Mil refugiados salvos e quatro mortos em embarcações à deriva no Mediterrâneo

  • Por Agencia EFE
  • 01/09/2015 14h20

Roma, 1 set (EFE).- Quatro refugiados morreram e mais de mil foram resgatados nas águas do Mediterrâneo, em frente à costa da Líbia, enquanto tentavam chegar à Itália, informou a Marinha Militar italiana nesta terça-feira.

Os quatro corpos foram encontrados nesta manhã em um bote inflável em que viajavam outros 112 refugiados, todos resgatados pela embarcação “Fulgosi” da Marinha Militar. As causas das mortes ainda não são conhecidas.

O mesmo navio resgatou outros 109 imigrantes que estavam a bordo de outro bote inflável à deriva.

A Marinha Militar também participou de um terceiro resgate de outras 120 pessoas.

Paralelamente, a Guarda Costeira italiana confirmou o socorro de 256 imigrantes.

Nas últimas 24 horas, a embarcação “Dignity I”, da ONG Médicos sem Fronteiras, recuperou 471 imigrantes em cinco operações diferentes.EFE