Milhares de pessoas tomam Paris em defesa de liberdade de expressão

  • Por EFE
  • 11/01/2015 12h49

Milhares de pessoas, entre elas líderes de todo o mundo, estão nas ruas do centro de Paris para a manifestação convocada em defesa da liberdade de expressão e contra o terrorismo.

Os manifestantes tiveram que esperar para começar a caminhada, pois o presidente francês, François Hollande, e os dirigentes mundiais que foram a Paris participar do evento, que saíram de ônibus do palácio presidencial, chegaram um pouco atrasados ao ato.

Lideram a manifestação os familiares das vítimas dos atentados terroristas desta semana contra a revista “Charlie Hebdo” e do supermercado kosher, nos quais morreram 16 pessoas junto da policial municipal assassinada também na quinta-feira.

O lema “Je suis Charlie” (“Eu sou Charlie”) domina os cartazes exibidos pelos manifestantes que estão no percurso entre a praça da República e a praça da Nação, no leste da capital.

Um enorme dispositivo de segurança zela pela proteção dos presentes e dos quase 50 chefes de Estado e de governo que se reuniram em Paris para rejeitar a intolerância dos terroristas e defender os “valores republicanos”.