Milícias leais ao governo em Trípoli matam 12 jihadistas na Líbia

  • Por Agencia EFE
  • 30/08/2015 18h59

Trípoli, 30 ago (EFE).- Pelo menos 12 supostos membros da ramificação líbia do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) morreram neste domingo em combates nas proximidades da cidade de Derna com milicianos islamitas aliados ao governo rebelde de Trípoli, informou à Agência Efe uma fonte de segurança.

Segundo seu relato, os jihadistas morreram durante uma ação dos milicianos das forças islamitas “Majlis al-Shura” e “Zuar de Derna” contra “El Kalaa”, um grande grupo do EI na região montanhosa de Fatah. Durante os enfrentamentos, que duraram 14 horas, os milicianos conseguiram destruir grande parte do material bélico dos jihadistas, acrescentou a fonte em Derna, que preferiu não ser identificada.

Segundo a fonte, entre os possíveis mortos está Amyad Mansuri, responsável por vários atentados terroristas no leste da Líbia.

Do lado das milícias, quatro homens morreram na ação, sendo que dois estavam em Derna, situada a 1.290 quilômetros ao leste da capital do país e considerada o reduto do EI na Líbia. EFE