Ministro Mauro Vieira participará de reuniões de OCDE, OMC e FAO na Europa

  • Por Agencia EFE
  • 03/06/2015 00h42

Rio de Janeiro, 2 jun (EFE).- O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, inicia nesta quarta-feira uma viagem de sete dias pela Europa na qual participará de reuniões da OCDE, da OMC e da FAO em Paris, Roma, Milão e Bruxelas, assim como em um encontro preparatório para a segunda Cúpula Europa-América Latina (UE-Celac).

Além de participar das reuniões dos órgãos internacionais, Vieira terá encontros bilaterais com alguns de seus colegas europeus, informou nesta terça-feira o Itamaraty em comunicado.

O ministro começará seu giro pela Europa na quarta-feira em Paris, onde participará da reunião do conselho de ministros da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), que reúne os países mais desenvolvidos.

Apesar de o Brasil não fazer parte dessa organização, Vieira comparecerá ao encontro após ser convidado pelo secretário-geral da OCDE, o mexicano Ángel Gurría, já que o Brasil vai assinar um acordo para aumentar sua associação com os países desenvolvidos.

Vieira e o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, serão os representantes do país na cerimônia de assinatura do Acordo de Cooperação com a OCDE, “que permitirá aprofundar e sistematizar a relação com a Organização”, segundo o Itamaraty.

Ainda em Paris, onde permanecerá até a quinta-feira, o chanceler terá uma reunião com o ministro dos Negócios Estrangeiros e do Desenvolvimento Internacional da França, Laurent Fabius.

Essa reunião “permitirá abordar os diversos projetos da Associação Estratégica Brasil-França, especialmente nos setores de cooperação além da fronteira, defesa, ciência, tecnologia e inovação, educação, assim como temas vinculados ao comércio e investimentos, paz e segurança internacional, governança global, mudança climática e reforma da ONU”, segundo o comunicado.

Na quinta-feira, Vieira participará de uma reunião informal de ministros de cerca de 30 países da Organização Mundial do Comércio (OMC) para avaliar a situação das negociações da Rodada de Doha e as perspectivas de um futuro acordo.

Um dia depois, em Roma, o chanceler será recebido pelo ministro dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação Internacional da Itália, Paolo Gentiloni, para discutir assuntos da agenda bilateral e internacional, incluindo a 8ª Conferência Itália-América Latina e Caribe, direitos humanos e Nações Unidas.

Igualmente em Roma, no sábado, o ministro participará da 39ª Sessão da Conferência da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) na qual será escolhido o diretor da organização, cargo para o qual o Brasil postulou a reeleição de José Graziano, único candidato até agora.

Na segunda-feira, dia 8, Vieira atenderá ao convite do governo italiano para visitar o Pavilhão do Brasil na feira Expo Milão 2015.

Já na terça-feira, o último dia de sua viagem, o ministro participará em Bruxelas de uma reunião de chanceleres preparatória para a 2ª Cúpula dos países da União Europeia (UE) e da Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos (Celac), prevista para os dias 10 e 11 de junho.

Também em Bruxelas, o chanceler se reunirá com a Alta Representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança, Federica Mogherini, com quem abordará iniciativas bilaterais em andamento e a preparação da Cúpula Brasil-UE prevista para este ano em Brasília. EFE