Morre mulher atingida por trem da CPTM em São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 28/02/2014 12h15

A mulher que estava em coma depois de discutir com funcionários da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) morreu na manhã desta sexta-feira (28) em São Paulo.

Nivanilde da Silva Souza, de 38 anos, brigou com um estagiário da empresa por supostamente tentar entrar em um vagão reservado sem comprovar o estado de gravidez que disse estar.

Com isso, o estagiário, menor de idade, teria impedido a passagem quando se teria iniciado conflito físico. Agentes de segurança da CPTM foram chamados e, segundo as informações de momento, dado voz de prisão à mulher.

Nervosa, ela teria tentado se desvencilhar e então foi atingida pelo trem.

*As informações são do repórter JOVEM PAN Anderson Costa