Morrem 17 jihadistas em bombardeio contra acampamento na Síria

  • Por Agencia EFE
  • 14/09/2014 06h15

Pelo menos 17 membros do jihadista Estado Islâmico (EI) morreram em bombardeios do Exército sírio contra um acampamento da organização no nordeste da Síria, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos, neste domingo (14).

Em comunicado, a ONG revelou que o número de mortos poderia ser muito superior, já que há informações ainda não confirmadas sobre o falecimento de outros 26 jihadistas no mesmo local.

Os ataques aconteceram na noite de sábado na região de Al Tabani, localizada no oeste da província de Deir ez Zor, tomada quase em sua totalidade pelos extremistas.

Os bombardeios da aviação do regime sírio contra o campo de treinamento causaram também a morte de uma criança, que visitava um parente nessa região.

O EI proclamou no final de junho um “califado” em partes do Iraque e da Síria, onde tomou amplas áreas de território.

Os Estados Unidos estão construindo uma coalizão internacional para lutar contra o grupo terrorista tanto no Iraque, onde já bombardeia suas posições, como na Síria.