Morrem cinco membros da Al Qaeda em ataque de drone dos EUA no Iêmen

  • Por Agencia EFE
  • 25/06/2015 07h23

Sana, 25 jun (EFE).- Pelo menos cinco membros da rede terrorista Al Qaeda morreram na noite de quarta-feira em um ataque de um avião não tripulado dos Estados Unidos na província de Hadramut, no sul do Iêmen, informou nesta quinta-feira à Agência Efe uma fonte de segurança.

O bombardeio aconteceu quando os extremistas se transferiam em um veículo no interior do quartel da 27ª Brigada Mecânica do Exército iemenita, que está sob o controle da Al Qaeda desde abril.

O quartel está situado nas proximidades do aeroporto de Al Raiam, a cerca de 30 quilômetros de Al Mokala, a capital de Hadramut.

O ataque acontece depois que, no dia 16 de junho, a Al Qaeda na Península Arábica (AQPA) anunciou que seu líder, Nasir al Wahishi, tinha morrido em um ataque de um drone americano no leste do Iêmen.

Além disso, a organização terrorista comunicou que seu substituto é Qasem al Rimi, que até então era o chefe militar da AQPA.

Wahishi era considerado o “número 2” do líder máximo da Al Qaeda, o egípcio Ayman al Zawahiri, enquanto Rami desempenhou o cargo de dirigente militar desde a fundação da AQPA em 2009. EFE