Motorista alcoolizado mata ciclista na Rodovia dos Imigrantes, em SP

  • Por Estadão Conteúdo
  • 05/09/2016 09h13
Tráfego é intenso na Rodovia dos Imigrantes neste sábadoImigrantes

O ciclista Valdilei Antonio Lemos, de 43 anos, morreu atropelado, na manhã do último domingo, 4, na Rodovia dos Imigrantes, ao ser atingido por um veículo conduzido por um motorista embriagado. O acidente aconteceu no quilômetro 20, altura de Diadema, no sentido São Paulo.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, o ciclista trafegava pela área zebrada da pista para acessar o acostamento quando foi atingido pelo carro de Paulo Leonardo do Nascimento, de 26 anos. A vítima morreu na hora. Outro ciclista ficou levemente ferido. Nascimento foi preso em flagrante.

De acordo com policiais, o teste do bafômetro indicou 0,46 miligrama de álcool por litro de ar – o limite é de 0,05.

Rio 

Duas crianças morreram atropeladas na tarde de sábado, 3, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Elas estavam acompanhadas da mãe e da irmã, que também foram feridas no acidente. O motorista do veículo, Ronaldo Silva Santos, de 36 anos, foi linchado. 

Santos atropelou a família quando passava pela Avenida Barão do Rio Branco, na localidade de Vila Uruçaí. O carro foi cercado por testemunhas que passaram a atacar o motorista a pauladas. Em seguida, ele levou três tiros e morreu no local. O carro foi incendiado.

A bebê Ana Beatriz Martins Oliveira, de 4 meses, e a irmã, de 2 anos, que não teve o nome divulgado, morreram no local. Os corpos das crianças ficaram no asfalto até a 1h de domingo. “É muito descaso das autoridades. Disseram que só tinha um legista para toda a Baixada Fluminense”, escreveu uma amiga da família em uma rede social.

A mãe das crianças, Juliene Martins Ferreira, de 26 anos, não teve ferimentos graves. A filha mais velha, Ana Júlia, de 7, foi internada. Seu estado de saúde é considerado estável.

Em nota, a Polícia Civil informou que uma “perícia minuciosa foi feita no local e diligências estão em andamento para identificar os autores do crime”.