Motorista de ônibus é baleado por não ter parado no ponto para suspeito

  • Por Jovem Pan
  • 17/11/2015 07h49
Hospital Municipal de Campo Limpo

Um motorista de ônibus foi baleado por passageiro após discussão na região do Capão Redondo, Zona Sul de São Paulo. Atingido na cabeça, Jorge Ferreira Leite, de 57 anos, está internado, em estado grave, no pronto-socorro do Hospital do Campo Limpo. O funcionário da Viação Campo Belo foi baleado no início da noite desta segunda-feira (16/11) no ponto-final da linha Terminal Capelinha-Valo Velho.

Segundo testemunhas, o coletivo deixou o terminal urbano e, logo, um homem entrou, passando a ofender o motorista. O desconhecido reclamou que, em outra ocasião, Leite não teria parado no ponto quando ele fez o sinal.

Após a discussão, o desafeto seguiu até o ponto final da linha, na Rua Luar do Sertão, na Chácara Santa Maria. Ali, ele esperou o motorista estacionar e descer do veículo para sacar uma arma e disparar contra a cabeça da vítima. O criminoso, que aparentava cerca de 40 anos de idade, fugiu e ainda não foi identificado.

Os bombeiros chegaram a ser acionados, mas o motorista foi socorrido por uma equipe da própria Polícia Militar. Jorge Ferreira Leite trabalha há 13 anos na Viação Campo Belo. O caso foi registrado pelo delegado plantonista do 47º Distrito Policial, do Capão Redondo, onde será investigado.

Informações do repórter Jovem Pan Paulo Edson Fiore