MST ocupa sedes do Ministério da Fazenda em estados do Nordeste

  • Por Agência Brasil
  • 03/08/2015 16h08
Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra ocupam o prédio principal do Ministério da Fazenda, em Brasília ( Marcelo Camargo/Agência Brasil) Marcelo Camargo/Agência Brasil Integrantes do MST ocupam Ministério da Fazenda

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) também ocupam as sedes regionais do Ministério da Fazenda em estados do Nordeste. Em Fortaleza, os organizadores afirmam que a ocupação reúne cerca de mil pessoas. No fim da manhã, quando a reportagem esteve no local, não havia policiais nas proximidades da entrada do prédio.

De acordo com o coordenador estadual do MST no Ceará, Gene Santos, a ocupação vai permanecer até que haja uma resposta favorável às reivindicações dos trabalhadores. “Vivemos um momento difícil de seca. Queremos que o governo federal libere recursos para implementar ações de convivência com a seca, especialmente infraestrutura hídrica. Aqui no Ceará, estamos discutindo a criação de um crédito específico para isso, mas depende da negociação em Brasília.”

Para entrar no espaço, os participantes forçaram e danificaram a porta da representação do ministério no estado, que fica no bairro Aldeota. Para mantê-la aberta, foi colocada uma escora de madeira.

No site e nas redes sociais, o MST anuncia a ocupação das sedes do Ministério da Fazenda em Salvador (BA) e em Maceió (AL).  O movimento também registra ações na Paraíba, em Sergipe e em Pernambuco.