Muçulmanos pedem boicote de chocolate após ser encontrado DNA de porco

  • Por EFE
  • 29/05/2014 13h46
Muçulmanos de Kuala LumpurMuçulmanos de Kuala Lumpur

Membros da Associação de Consumidores muçulmanos atiram barras de chocolate da marca Cadbury ao lixo durante um protesto contra a fabricante da marca em Kuala Lumpur, na Malásia, nesta quinta-feira (29).

Mais de uma dúzia de organizações muçulmanas pedem que se faça um boicote contra os fabricantes de chocolate Cadbury, após descobrir-se que dois de seus produtos continham DNA de porco, animal proibido na alimentação islã.