Mulher é baleada com bebê de cinco meses no colo em São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 14/04/2014 08h40
SÃO PAULO,SP,14.04.2014:MULHER É MORTA NA ZONA SUL - Wanderleia da Silva de aproximadamente 35 anos de idade, morre após ser alvo de bala perdida, na Avenida Cupecê, em Cidade Ademar, na zona sul de São Paulo, SP, na noite deste domingo (13). Segundo a PM, a mulher deixou o culto de uma igreja e caminhava com seu filho, um bebê de 5 meses de idade, quando individuos trocavam tiros pela via, ela acabou sendo atingida e caiu ao chão com o seu filho nos braços. A ocorrência foi registrada no 98° DP. (Foto: Edu Silva/Futura Press/Folhapress)Wanderleia da Silva tinha aproximadamente 35 anos de idade

Uma mulher morreu vítima de uma bala perdida, durante tiroteio na região de Cidade Ademar, zona sul de São Paulo. Wanderleia da Silva, de 35 anos, estava com o filho, de apenas cinco meses,  no colo quando foi ferida, no final da noite deste domingo.

Ela saiu do culto em uma igreja evangélica e, na altura do número 4.800 da Avenida Cupecê, se viu em meio ao tiroteio. Roberto Leandro dos Reis Silva, marido da vítima, conta que estava com a mulher na igreja, mas, por causa do bebê, na volta, ela pegou uma carona.

*Ouça os detalhes no áudio

Wanderleia tentou proteger o filho, mas foi atingida na cabeça e caiu morta sobre a criança, que escapou ilesa. Desolado, Silva se disse sem rumo e questionou a atitude do atirador antes de deixar o local do crime.

Policiais militares foram chamados, mas, quando chegaram ao local, os envolvidos no tiroteio já haviam fugido e não foram identificados. O homicídio foi registrado no plantão do 98º Distrito Policial, do Jardim Míriam, e será investigado pelo DHPP.