Agência russa de notícias afirma que a ‘Ucrânia voltou para a Rússia’

Publicação realizada no último sábado, 26, foi apagada logo em seguida; texto celebrava uma suposta vitória russa em território ucraniano

  • Por Jovem Pan
  • 28/02/2022 21h20
EFE/EPA/ALEXEI DRUZHININ / SPUTNIK / KREMLIN POOL MANDATORY CREDIT - 4/03/2021 O presidente da Rússia, Vladimir Putin Vladimir Putin, presidente da Rússia, ordenou que sua equipe de armas nucleares se posicionassem para o confronto com a Ucrânia

A agência de notícias RIA, que mantém ligações com o governo russo, divulgou um texto no último sábado, 26, onde afirma que a ‘Ucrânia voltou para a Rússia‘. A publicação, porém, foi apagada logo em seguida. No artigo, o Kremlin ressaltava que “um novo mundo está nascendo diante de nossos olhos” e bradava uma suposta vitória em território ucraniano. O argumento central da peça assemelha-se com o discurso do presidente Vladimir Putin, de que Rússia e Ucrânia são indissociável por uma questão histórica.

“A Rússia está restaurando sua unidade — a tragédia de 1991 [com o fim da União Soviética], essa terrível catástrofe em nossa história, seu deslocamento não natural foi superado”, disse o jornalista Petr Akopov. O periodista ressaltou, ainda, que a hipotética vitória russa representaria o fim da “era da dominação global ocidental”. A versão original foi removida e encontra-se fora do ar, mas registros históricos recuperados pela organização Internet Archive, através da WayBack Machine, possibilitam o acesso e a visualização da precoce celebração russa.