Após dia de confronto, Diosdado Cabello diz que ‘golpistas foram derrotados’

  • Por Jovem Pan
  • 30/04/2019 19h27
Reprodução/Twitter"A esta hora estão completamente derrotados os golpistas, fugindo para embaixadas", escreveu Cabello, o número 2 do chavismo

O presidente da Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela, Diosdado Cabello, considerado o “número 2” do chavismo, disse que opositores do governo que manifestavam a favor da derrubada de Nicolás Maduro foram completamente “derrotados”.

“Será possível que os meios de comunicação da direita começarão a dizer a sua gente que voltaram a fracassar? A esta hora estão completamente derrotados os golpistas, fugindo para embaixadas, escondidos. Ninguém dá a cara, só o imperialismo sai buscando desculpas. Nós venceremos!”, escreveu Cabello no Twitter.

Na manhã desta terça-feira, o autoproclamado presidente interino do país, Juan Guaidó, convocou o povo a ocupar as ruas num ato que chamou de Operação Liberdade. Guaidó contou com o apoio de um grupo de militares para um movimento que tentou tirar Nicolás Maduro do poder.

“São muitos os militares. A família militar deu o passo. A todos os que estão nos ouvindo: é o momento, o momento é agora”, disse Guaidó através de uma mensagem divulgada em suas redes sociais.

Pelo menos 69 pessoas ficaram feridas no confronto.