Argentina atinge a marca de 500 mortes causadas pela Covid-19

  • Por Jovem Pan
  • 28/05/2020 07h55
EFE/ Juan Ignacio RoncoroniFontes oficiais informaram nesta quinta-feira (28) que 250 pessoas foram internadas em unidades de terapia intensiva (UTI)

A Argentina chegou a marca de 500 mortes causadas pela Covid-19. Ao todo, o país registrou oito óbitos nas últimas 24 horas e cerca de 706 novos casos da doença, elevando o total de pessoas infectadas a 13.933.

O relatório divulgado pelo Ministério da Saúde informa que os óbitos correspondem a quatro homens e quatro mulheres, com idades entre 60 e 95 anos. Entre os casos já reportados em território argentino, 961 são importados, 6.091 são contatos próximos de pessoas infectadas anteriormente, 4.694 são de circulação comunitária e 2.187 estão sob investigação epidemiológica.

Fontes oficiais informaram nesta quinta-feira (28) que 250 pessoas foram internadas em unidades de terapia intensiva (UTI), enquanto 4.349 pacientes tiveram alta. Até agora, na Argentina, foram realizados 140.218 testes para detectar o vírus, com uma taxa de 3.090 testes por milhão de habitantes.

A secretária de Acesso à Saúde do país, Carla Vizzotti, salientou nesta quarta-feira (27) que a maioria dos novos casos relatados está concentrada na cidade de Buenos Aires e nas cidades ao redor, e observou que a taxa de positividade dos testes é muito maior nesses locais do que no restante do país.

*Com informações da EFE