Argentina declara quarentena para toda a população até 31 de março

  • Por Jovem Pan
  • 19/03/2020 22h30
EFE/Juan Ignacio RoncoroniArgentinos não poderão sair de suas casas, a não ser para serviços essenciais

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou nesta noite que toda a população do país terá que ficar em quarentena a partir de sexta-feira até 31 de março para evitar a propagação do coronavírus.

“Seremos absolutamente inflexíveis”, disse Fernández em entrevista coletiva na residência presidencial de Olivos, em Buenos Aires, após uma reunião com parte da equipe ministerial e de governadores das províncias.

O presidente afirmou que haverá algumas exceções para a quarentena, já que será possível sair de casa para fazer compras em estabelecimentos como supermercados e farmácias, que permanecerão abertos.

“Mas que fique entendido que, a partir da meia-noite, a polícia estará controlando quem está nas ruas, e que aqueles que não conseguirem explicar o que estão fazendo (dentro das exceções) ficarão sujeitos às sanções previstas no código penal”, advertiu.