Argentina: Macri chamará Cristina Kirchner para ‘pacto de governabilidade’

  • Por Jovem Pan
  • 06/05/2019 18h24 - Atualizado em 06/05/2019 18h30
EFENa última semana, Macri começou articulação com a oposição para chegar a um consenso sobre o "pacto", que contém 10 medidas de combate à recessão

O ministro do Interior da Argentina, Rogelio Frigerio, disse nesta segunda-feira, 6, que o presidente Mauricio Macri vai chamar a ex-presidente e sua rival Cristina Kirchner para fazer parte do pacto de governabilidade que está elaborando. Frigerio falou que Kirchner representa uma parte significativa do eleitorado do país, por isso deve ser chamada, informou a Reuters.

“Cristina Fernández de Kirchner representa uma parte importante do eleitorado da Argentina e tem que ser parte desta mesa”, afirmou.

Na última semana, Macri convocou a oposição para chegar a um acordo sobre 10 medidas para o futuro do país, entre elas a manutenção do equilíbrio fiscal e o combate à inflação.

O aumento da inflação e a recessão (a economia argentina encolheu 2,5% em 2018 e deve ter resultado pior neste ano) derrubaram a popularidade de Macri, que governa o país desde 2015, e aumentaram a de Kirchner, que governou de 2007 a 2005 e enfrenta diversas acusações de corrupção. Kirchner lidera as pesquisas de intenção de voto para as próximas eleições. A Justiça, no entanto, pode impedir sua candidatura.