Bebê morre em mão de passageiro em voo da Malásia para Austrália

  • Por Jovem Pan
  • 22/04/2019 19h27
Agência Brasil"Eu tinha um recém-nascido dando seu último suspiro nas minhas mãos", escreveu a passageira no Facebook; esforços para tentar ressucitar bebê levaram duas horas e meia

Um bebê de dois meses morreu nos braços de um passageiro que seguia os procedimentos de emergência a bordo. O episódio aconteceu durante um voo da AirAsia, que ia de Kuala Lumpur, na Malásia, à Perth, na Austrália, no último domingo, 21, informou Daily Mail.

A passageira que segurava o bebê no coloco na hora da morte, a australiana Nadia Parenzee, disse que ele estava com os pais, que são da Arábia Saudita.

“Num voo da Malásia na manhã de hoje me deparei com a situação mais confrontadora por qual uma pessoa pode passar. Eu tinha um recém-nascido dando seu último suspiro nas minhas mãos”, escreveu Parenzee no Facebook.

Na publicação, Parenzee diz que uma comissária de bordo pediu que ela segurasse o bebê, que estava agitado e chorando por causa da decolagem.

“Eu ofereci aos pais e ao pessoal assistência porque pude ver que os pais de primeira viagem estavam estressados”, disse.

“Quando fechei meus olhos para dormir um pouco, a comissária deu um tapinha nos meus ombros para ajudá-la. Os pais passaram o bebê para mim com desespero nos olhos, eu a peguei em meus braços”

“Foi então que Farah teve seu útimo suspiro e eu fiquei fraca. Imediatamente soube que alguma coisa muito errada tinha acontecido e gritei para os passageiros para ver se havia algum médico a bordo”

Parenzee disse que os esforços para ressucitar o bebê levaram cerca de duas horas e meia.

Um porta-voz da AirAsia disse que a polícia e paramédicos logo entraram no avião quando o voo chegou, na manhã de segunda, 22.