Biden diz que vai nomear primeira mulher negra para a Suprema Corte dos EUA

Indicada vai substituir o juiz Stephen Breyer; presidente disse que anunciará a escolha em fevereiro

  • Por Jovem Pan
  • 27/01/2022 16h25
EFE/EPA/Alex Edelman / POOL - 16/07/2021 joe biden durante coletiva de imprensa Joe Biden prometeu indicar mulher negra à Suprema Corte durante a campanha

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, confirmou nesta quinta-feira, 27, que vai nomear, pela primeira vez na história, uma mulher negra para a Suprema Corte. A indicada vai substituir o juiz Stephen Breyer, que se aposentará no próximo verão. O democrata afirmou que fará uma escolha no fim de fevereiro. “A pessoa que vou nomear terá qualificações, uma personalidade, uma experiência e uma integridade extraordinárias. E será a primeira mulher negra nomeada para a Suprema Corte”, declarou. Dos 115 juízes que já passaram pela Suprema Corte, só houve cinco mulheres (quatro brancas e uma hispânica) e dois homens negros. Nesta quinta-feira, Biden homenageou o juiz Breyer, que passou 28 anos como membro da máxima corte americana. “É um juiz exemplar, justo com as partes, cortês com seus colegas, prudente em seus raciocínios. Trabalhou incansavelmente para tornar realidade a noção de que o Direito existe para ajudar as pessoas”, disse o presidente.

*Com informações da AFP