Bolívia recebe apoio da Rússia para combater incêndios na Amazônia

Aeronave russa com capacidade para transportar 50 mil litros de água pousou na Bolívia nesta segunda-feira (9)

  • Por Jovem Pan
  • 09/09/2019 19h18
EFE/ Fernando Bizerra Jr.Russos enviaram avião à Bolívia para combater incêndios na Amazônia

A Bolívia ganhou nesta segunda-feira (9) mais um aliado para combater os incêndios florestais que atingem a área coberta pela floresta amazônica no país: a Rússia.

Com capacidade para transportar 50 mil litros de água, uma aeronave Ilyushin II-76 pousou no aeroporto internacional de Viru Viru, em Santa Cruz de la Sierra, capital da região boliviana mais afetada pelo fogo.

O presidente da Bolívia, Evo Morales, cumprimentou os tripulantes e agradeceu ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, pela ajuda para combater os incêndios no país.

Morales lamentou que os focos de incêndio tenham crescido para 2.000 nas últimas horas, afetando especialmente as regiões de Concepción, San Ignacio de Velasco e San Matías, que fica perto da fronteira com o Brasil.

Santa Cruz de la Sierra já tinha recebido no sábado um avião da França com uma equipe de bombeiros. Outros países, como Argentina, Peru e Chile, também enviaram ajuda à Bolívia para auxiliar no combate aos incêndios na região amazônica.

Os incêndios afetam uma região de 700 mil hectares na região de Chiquitania, segundo o governo da Bolívia, mas as autoridades de Santa Cruz de la Sierra afetam que o desastre afeta uma área superior a 1 milhão de hectares.

*Com EFE