Boris Johnson: Reino Unido será ‘global’ e ‘pioneiro’ após o Brexit

  • Por Jovem Pan
  • 26/01/2020 12h01
EFE/EPA/Hollie Adams / POOL

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, garantiu, neste domingo (26), que o país será “global” e “pioneiro”, a partir da saída da União Europeia (UE), o Brexit, que acontecerá na próxima sexta-feira.

Em nota, o chefe de governo garantiu ter confiança no futuro do país com a conclusão do adeus ao bloco continental, três anos e meio após o referendo que decidiu pelo Brexit.

Daqui cinco dias, Johnson fará um discurso no momento exato da saída do Reino Unido da União Europeia, 40 anos após o ingresso. A partir desta data, será iniciado o processo de transição, que durará até o fim deste ano.

“A sexta-feira marca um momento importante na história do Reino Unido. Não importa como você tenha votado em 2016 (no plebiscito), é hora de olhar adianta, com confiança em um país global e pioneiro, que seremos na próxima década, e superar as divisões”, garantiu o primeiro-ministro, em comunicado.

O governo anunciou que emitiu uma moeda de 50 penes com a inscrição “paz, prosperidade e amizade a todas às nações”, que passará a circular também neste 31 de janeiro.

Na próxima sexta-feira, Johnson presidirá uma reunião com os demais integrantes do governo, no norte da Inglaterra. No mesmo dia, bandeiras britânicas são colocadas na Praça do Parlamento e na Avenida The Mall, que liga a região governamental e o Palácio de Buckingham.

Os prédios públicos serão iluminados com as cores azul, vermelha e branca, além disso, em referência a “Union Jack”, bandeira do Reino Unido.

*Com Agência EFE