Carlos Ghosn é proibido de deixar o Líbano

  • Por Jovem Pan
  • 09/01/2020 10h21
EFEApós fugir do Japão, Carlos Ghosn está no Líbano

A Procuradoria-Geral do Líbano proibiu a saída de Carlos Ghosn do país após interrogar o empresário fugitivo da Justiça japonesa e receber o alerta vermelho da Interpol.

Segundo a Agência Nacional de Notícias (ANN) libanesa, o procurador-geral Ghasan Oueidat permitiu que Ghosn resida no país, mas devido pedido prisão preventiva do ex-presidente da Nissan, viagens estão vetadas.

Carlos Ghosn apareceu em público pela primeira vez após sua fuga cinematográfica do Japão nesta quarta-feira, e afirmou estar “preparado para ficar muito tempo” no Líbano. O empresário possui nacionalidade libanesa, brasileira e francesa.

* Com informações da Agência EFE