Caso de Madeleine McCann tem novo suspeito, diz tabloide

  • Por Jovem Pan
  • 03/05/2019 14h13
DivulgaçãoNovos indícios foram encontrados e polícia reforçou equipes que participam de investigações

O tabloide português “Correio da Manhã” publicou nesta sexta-feira, 3, que o caso de Madeleine McCann, garota que desapareceu em 2007 no Algarve, em Portugal, tem um novo suspeito. A Polícia Judiciária do país confirmou que a investigação continua aberta.

“As averiguações seguem abertas no âmbito da Investigação tutelada pelo Ministério Público de Portimão”, cidade do sul de Portugal, informou a Polícia em comunicado.

A confirmação foi feita no dia em que completam 12 anos do desaparecimento de Madeleine da praia da Luz.

Segundo o jornal, novos indícios sobre o desaparecimento foram encontrados e, por isso, a polícia, que trabalha com autoridades internacionais, reforçou as equipes que participam na investigação.

A menina desapareceu enquanto dormia junto com seus irmãos gêmeos no apartamento de um complexo turístico onde passava férias com os pais, que estavam em um restaurante próximo. Ela tinha 3 anos.

Em Portugal, o caso foi encerrado em julho de 2008, mas reaberto em outubro de 2013 depois que novos indícios foram encontrados, em uma investigação paralela que também continua aberta pela Scotland Yard, a polícia do Reino Unido.

A Polícia Judiciária mantém a investigação sob sigilo.

Por enquanto, as mais de 2 mil diligências policiais, 500 buscas na região e 12 mil páginas do processo não conseguiram apresentar qualquer esclarecimento sobre a noite na qual Madeleine desapareceu.

*Com EFE