Chacina na fronteira do Brasil com o Paraguai deixa seis mortos; bebê é baleado e sobrevive

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2019 15h00 - Atualizado em 22/05/2019 15h02
Miguel Gutiérrez/EFEMortos têm idades entre 16 e 26 anos

Seis pessoas foram assassinadas na madrugada desta quarta-feira (22) na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, localizada na fronteira com o Brasil por Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. Elas foram executadas no meio da rua por um grupo armado.

Entre os mortos está uma adolescente de 16 anos, cujo filho de 1 ano foi baleado na barriga e sobreviveu, informou a Polícia Nacional.

De acordo com a corporação, as vítimas estavam do lado de fora de uma casa quando pelo menos três pessoas com armas de grosso calibre dispararam de dentro de um carro em um suposto “acerto de contas”. Essa seria uma “hipótese prematura” — já que a investigação continua aberta — baseada no fato de que uma das vítimas tinha dois antecedentes e outra tinha uma ordem de prisão expedida.

A adolescente e o filho, internado em um hospital da cidade e fora de perigo, no entanto, estavam no “lugar errado e na hora errada” e não eram alvos iniciais. Os outros cinco mortos têm idades entre 20 e 26 anos.

Os autores da chacina, que ainda não foram identificados, fugiram em uma caminhonete.

*Com EFE