Chefe desaparecido da Interpol está ‘sob investigação’ na China, diz jornal

  • Por Jovem Pan
  • 05/10/2018 11h53
EFEO presidente da Interpol, o chinês Hongwei Meng, está desaparecido desde o dia 29 de setembro

O presidente da Interpol, o chinês Hongwei Meng, cuja família denunciou seu desaparecimento depois que ele viajou para a China no dia 29 de setembro, está “sob investigação” no país asiático, publicou nesta sexta-feira o jornal independente “South China Morning Post”.

Segundo uma fonte não identificada citada pelo jornal de Hong Kong, Meng está sendo investigado na China, mas ainda “não está clara” a razão, nem o lugar em que ele supostamente está detido.

A polícia francesa abriu hoje uma investigação após o desaparecimento de Meng, depois que ele viajou em 29 de setembro de Lyon (no leste de França), sede da organização policial internacional, e que, segundo a rádio “Europe 1”, sua esposa acionou a polícia após não obter notícias desde a sua partida.

*Com informações da Agência EFE.