China censura imagens de pessoas sem máscaras na Copa do Mundo

População contra as medidas de Covid-19, ficou indignada com torcedores desprotegidos; país enfrenta onda de protestos em retaliação ao lockdown

  • Por Jovem Pan
  • 27/11/2022 16h57
EFE/EPA/FRANCK ROBICHON china China censura imagens de torcedores sem máscara do jogo entre Japão e Costa Rica

A televisão chineses está censurando imagens de pessoas sem máscara na Copa do Mundo para evitar indignação da população que está cansada das restrições contra Covid-19 e protestando contra o lockdown. Para evitar que os telespectadores chineses vissem o público nos estádios sem máscara, o canal esportivo CCTV substituiu sistematicamente, na retransmissão da partida Japão-Costa Rica, as imagens em que apareciam pessoas sentadas muito próximas umas das outras, com fotos de jogadores ou fotos do público feitas longe o suficiente para que os rostos não pudessem ser distinguidos. Na Internet, porém, é possível ver a transmissão sem censura, mesmo no Douyin, a versão chinesa do TikTok. A China é a última grande economia mundial que segue aplicando uma dura estratégia contra o coronavírus, chamada de “zero covid”, que envolve confinamentos de bairros e cidades inteiras, períodos de quarentena e testes em massa. Os chineses aceitam cada vez menos essas medidas e houve vários protestos nos últimos dias, inclusive pedindo a renúncia do presidente Xi Jinping. Nos últimos dias, uma carta aberta foi amplamente compartilhada na rede de mensagens WeChat que questionava se a China está “no mesmo planeta” que o Catar e criticava a política de saúde do governo chinês. Uma carta que, no entanto, acabou sendo censurada pelas autoridades. Neste domingo, centenas de pessoas se manifestaram, principalmente em Pequim e Xangai, contra a política anticovid, algo incomum.

*Com informações da AFP

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.