China comemora Ano-Novo: 2019 será ano do porco

  • Por Jovem Pan
  • 05/02/2019 10h08
EFEEm 2019, será o ano do porco, 12º símbolo do horóscopo

A China e comunidades estrangeiras deram, nesta terça-feira (5), as boas-vindas ao Ano-Novo chinês. Em 2019, será o ano do porco, 12º símbolo do horóscopo, é conhecido por ser despreocupado e generoso – 2018 foi o ano do cachorro.

Durante uma semana, o país asiático fica praticamente parado e centenas de milhões de pessoas visitam suas cidades natais para receber o ano 4717, do Porco da Terra, associado com a fertilidade e prosperidade, e cuja imagem já aparece em muitos sinais e insígnias do gigante asiático.

Muitas regiões foram “bombardeadas” na noite passada por fogos de artifício, acesos para afastar os maus espíritos, embora em grandes cidades como Pequim não puderam ser ouvidos, já que existe uma proibição para evitar mais poluição e por razões de segurança.

Os chineses começaram o ano cumprindo tradições ancestrais, uma mistura de superstição e costume, que têm apenas um propósito: afastar infortúnios e atrair boa sorte, prosperidade e abundância.

As práticas incluem limpar as casas cuidadosamente, decorar as ruas e realizar grandes banquetes familiares na véspera do Ano-Novo.

Outro protagonista da festividade são os “hongbao”, envelopes vermelhos com dinheiro, entregues a parentes e amigos para desejar fortuna no próximo ano.

Nos últimos anos, com o crescimento no país do pagamento por smartphones, a moda é enviar os “hongbaos” por meio de aplicativos como WeChat (equivalente ao WhatsApp).

A reunião familiar na China significa que milhões de pessoas retornem para suas cidades de origem: as autoridades esperam que ocorram milhares de viagens no conhecido “Festival da Primavera”, o período de 40 dias que começou no dia 21 de janeiro e chegará ao fim no dia 1º de março.

*Com Agência EFE