Ciclone Nisarga atinge costa oeste da Índia; população abandona casas

  • Por Jovem pan
  • 03/06/2020 10h49
EFE/EPA/PIYAL ADHIKARYAs autoridades meteorológicas preveem que o ciclone enfraquecerá até se tornar uma depressão atmosférica

O ciclone Nisarga atingiu nesta quarta-feira (3) a costa oeste da Índia, a cerca de 100 quilômetros de Mumbai com ventos de 74 km/h, que devem se intensificar ao longo das próximas horas. “O centro do ciclone Nisarga fica muito próximo da costa de Maharashtra. O setor noroeste do olho do ciclone está tocando a terra”, informou o Departamento Meteorológico do país.

A tempestade, que se transformou em um ciclone se desloca em direção a Mumbai que também é a cidade indiana mais afetada pela Covid-19, e deve alcançá-la com ventos constantes com velocidade entre 100 e 110 quilômetros por hora e rajadas de 120 km/h.

O Departamento Meteorológico também prevê que a tempestade causará chuvas intensas ao longo de 24 horas. A elevação do nível dos rios locais entre um e dois metros acima do normal, podem inundar as regiões mais baixas.

O fenômeno também afetará a costa sul do estado de Gujarat. Na terça-feira, as autoridades informaram a Agência Efe que estavam retirando mais de 30 mil pessoas de suas casas. Já no norte de Maharashtra, mais de 20 mil habitantes precisaram ser evacuados pelo risco de inundações.

As autoridades meteorológicas preveem que o ciclone enfraquecerá até se tornar uma depressão atmosférica.

O ciclone Nisarga chega a Maharashtra em um momento crítico para o estado, o mais afetado na Índia pela pandemia com mais de 72 mil casos confirmados e 2.465 mortes. Em toda a Índia, são 200 mil registros de infecção e 5.815 óbitos.

*Com informações da EFE