Cinco mísseis caem perto da Embaixada dos EUA em Bagdá

  • Por Jovem Pan
  • 26/01/2020 16h37
EFEEm 20 de janeiro, três foguetes Katyusha caíram perto da Embaixada dos Estados Unidos

Cinco foguetes Katyusha caíram, neste domingo (26), nos arredores da Embaixada dos Estados Unidos em Bagdá, um dos frequentes ataques contra a instalação que se repetem sem deixarem vítimas desde o aumento da tensão entre os governos de EUA e Irã no início de janeiro.

Uma fonte do Ministério do Interior do Iraque disse à Agência Efe que cinco projéteis caíram perto do edifício diplomático, localizado na Zona Verde, uma área fortificada de Bagdá onde estão localizadas todas as embaixadas e escritórios do governo.

A Célula de Informação de Segurança do governo iraquiano confirmou que cinco mísseis caíram na Zona Verde sem causar danos, mas não detalhou se o fato ocorreu perto da embaixada americana.

Diversos mísseis já atingiram os arredores ou passaram sobre a Zona Verde nas últimas semanas, mas esses ataques não resultaram em nenhuma morte. Algumas pessoas já ficaram feridas, assim como edifícios e veículos danificados.

Em 20 de janeiro, três foguetes Katyusha caíram perto da Embaixada dos Estados Unidos e, pela primeira vez, o governo iraquiano ordenou uma investigação do incidente, embora as autoridades ainda não tenham identificado os autores.

Washington responsabiliza as milícias iraquianas apoiadas pelo Irã pelos ataques em solo iraquiano, em particular o grupo paramilitar Kata’ib Hezbollah, o qual acusa de realizar o ataque que matou um empreiteiro americano em 27 de dezembro no norte do Iraque.

Os ataques se multiplicaram desde que os EUA mataram o general iraniano Qasem Soleimani em um bombardeio em Bagdá na madrugada do dia 3 de janeiro. Em resposta, o Irã lançou mísseis contra bases militares iraquianas que abrigavam tropas americanas.

*Com Agência EFE